A Associação Parkinson do RS - APARS, fundada em 2002, tem o propósito de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas afetadas pela doença de Parkinson e de seus familiares. É uma entidade sem fins lucrativos, políticos ou religiosos, de caráter beneficente e educativo. Sobrevive unicamente graças à sua contribuição, pois não possui nenhuma outra fonte de receita. Entre as ações que estamos realizando estão: apoio, orientação e informações aos portadores da doença de Parkinson, seus familiares e cuidadores; palestras a cargo de profissionais da saúde, tais como neurologistas, neurocirurgiões, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, entre outros, e promover ações junto a entidades públicas visando garantir o acesso regular aos medicamentos.
Nossas atividades se desenvolvem na AMRIGS e IPA, os quais nos apoiam e ainda contamos com o suporte do SIMERS e Naturovos.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Programação de atividades para Dezembro/2016


ATIVIDADE
DIAS
HORÁRIO
LOCAL
OBSERVAÇÃO
Sessão de Ginástica
1
6-8
13-15
20-22
27-29
14h – 15h
AMRIGS – Av. Ipiranga, nº 5311 – Anexo.
Terças e Quintas

Terapia Aquática

2
7-9


14h - 15h
IPA – Rua Joaquim Pedro Salgado, nº 80.
Quartas e Sextas
Galeto de confraternização de final de ano: dia 07/12 (4a feira) as 20:00 h na D'Italiani Galeteria, Avenida Pernambuco, 2346 - Floresta, RS. Aguardamos a todos.
______________________________________________________Acesse e prestigie o nosso blog: www.blogdaapars.blogspot.com.br

Visite nossa página no facebook: www.facebook.com/associacaoparkinsonrs

______________________________________________________

CARTA ABERTA DE DESPEDIDA DA DIRETORIA (*)
Este é o último informativo expedido por meio da atual diretoria da APARS, composta exclusivamente por Pessoas com Parkinson (PcP´s), cuja gestão se encerra neste final de ano.

Ao longo dos dois últimos anos nos defrontamos com muitas dificuldades, inerentes à nossa doença, as quais nada é necessário dizer, pois todos sabemos. O fato é que para levar a bom termo e coordenar todas as atividades às quais nos propusemos no início da gestão nos faltou saúde, entramos em “off”. Várias foram as falhas, particularmente quanto à nossas pretendidas iniciativas, que ora foram frustradas. O nosso presidente (Milton) sofreu queda com fratura e seu estado geral de saúde, em decorrência do Parkinson, se agravou. Norimar assumiu e, também, por razões de agravamento do Parkinson, teve dificuldades, assim como toda a Diretoria (Hugo, secretário) e (Martin, tesoureiro). Vivemos no tobogã do doença. Desnecessário salientar as dificuldades inerentes a uma associação de doentes, com parcos recursos financeiros, embora TODOS movidos e esperançosos por dias melhores.

Em vista destes fatos foi proposta alteração estatutária em andamento, ora para disciplinar que a direção (presidência e/ou vice-presidência) da Associação seja assumida por pessoas que não sejam portadoras de Parkinson (à exemplo da ABP) ou pouco comprometidas pela doença, também para facilitar a obtenção de recursos financeiros.

Grupo liderado pelo médico neurologista Carlos Rieder, com presidência encabeçada pelo mesmo, inscreveu chapa única para a eleição da diretoria da APARS, que será a princípio, e pela primeira vez, composta na sua maioria por nominata de pessoas não portadoras de Parkinson. Dentre os objetivos estariam iniciativas relacionadas à produção de artigos técnico-científicos relacionados ao Parkinson, vinculados à Associação.

Desta forma espera-se que sejam levadas a termo iniciativas objetivas, às quais na atual gestão, não fomos capazes de cumprir na totalidade, para o bem estar da comunidade de PcP´s do RS, a partir da maior capacidade arrecadatória. Com a alteração estatutária (nossa receita advém basicamente de contribuições espontâneas de associados), com celebração de mais abrangentes convênios para terapias prescritas (a exemplo da terapia aquática do IPA), com maior divulgação perante a sociedade como um todo, e que fortaleça nossa associação no presente e no futuro.

Assim almejamos que seja repleta de sucesso a próxima gestão, de forma a satisfazer as necessidades, aspirações e desejos das aproximadamente 30 mil pessoas, de todas as classes sociais, que árdua, corajosamente e quase sem nenhum apoio, convivem com o Parkinson no estado do RS, e da mesma forma alertar para que não seja perdido o foco principal em beneficiar diretamente as PcP´s, através da disponibilidade de terapias (fisioterapêuticas, psicológicas, ocupacionais, de fonoaudiologia, etc).

Assim, com votos de sucesso à nova diretoria, nos despedimos, desejando BOAS FESTAS e FELIZ ANO NOVO a todos!

por Hugo Gutterres – secretário da atual gestão da APARS, e lembre-se:
(*) Esta "Carta Aberta", por razões operacionais, consiste em versão distinta daquela física, em papel, enviada através dos correios, aos distintos associados.

Nenhum comentário: