A Associação Parkinson do RS - APARS, fundada em 2002, tem o propósito de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas afetadas pela doença de Parkinson e de seus familiares. É uma entidade sem fins lucrativos, políticos ou religiosos, de caráter beneficente e educativo. Sobrevive unicamente graças à sua contribuição, pois não possui nenhuma outra fonte de receita. Entre as ações que estamos realizando estão: apoio, orientação e informações aos portadores da doença de Parkinson, seus familiares e cuidadores; palestras a cargo de profissionais da saúde, tais como neurologistas, neurocirurgiões, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, entre outros, e promover ações junto a entidades públicas visando garantir o acesso regular aos medicamentos.
Nossas atividades se desenvolvem na AMRIGS e IPA, os quais nos apoiam e ainda contamos com o suporte do SIMERS e Naturovos.

sábado, 5 de março de 2016

Prefeitura entra na Justiça para garantir entrega de remédios na Capital

Decisão do Coren proíbe enfermeiros de entregar medicamentos

04/03/2016 - A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre ingressou com ação judicial, nesta sexta-feira (4), contra a decisão do Conselho Regional de Enfermagem que proíbe enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem de entregarem medicamentos à população nas unidades de saúde. A função deve ser exercida por farmacêuticos.

Devido à decisão, usuários do SUS não conseguem retirar medicamentos porque os profissionais que faziam o serviço estão impossibilitados. A argumentação é que não houve discussão do tema antes do decreto.

A Secretaria Municipal de Saúde espera obter liminar para garantir a revogação da medida e assegurar a distribuição dos medicamentos por enfermeiros. Fonte: Clic RBS.

Nenhum comentário: