A Associação Parkinson do RS - APARS, fundada em 2002, tem o propósito de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas afetadas pela doença de Parkinson e de seus familiares. É uma entidade sem fins lucrativos, políticos ou religiosos, de caráter beneficente e educativo. Sobrevive unicamente graças à sua contribuição, pois não possui nenhuma outra fonte de receita. Entre as ações que estamos realizando estão: apoio, orientação e informações aos portadores da doença de Parkinson, seus familiares e cuidadores; palestras a cargo de profissionais da saúde, tais como neurologistas, neurocirurgiões, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, entre outros, e promover ações junto a entidades públicas visando garantir o acesso regular aos medicamentos.
Nossas atividades se desenvolvem na AMRIGS e IPA, os quais nos apoiam e ainda contamos com o suporte do SIMERS e Naturovos.

terça-feira, 5 de junho de 2012

Estado passa a oferecer pelo SUS cirurgia para a Doença de Parkinson

05-06-2012 - O Rio Grande do Sul passa a ofertar, de forma inédita pelo SUS, a cirurgia para implante de estimulador cerebral profundo em paciente com a Doença de Parkinson. O investimento será de aproximadamente R$ 835 mil como complementação para a importação dos materiais.

Ao longo de um ano, serão atendidos 20 pacientes pelo Serviço de Neurologia e Neurocirurgia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), referência para todo o Estado na área. O convênio foi assinado na manhã desta terça (05) pelo secretário estadual da Saúde, Ciro Simoni, o prefeito José Fortunati e o presidente do HCPA, Amarilio Vieira de Macedo Neto. Reservada para casos específicos, a estimulação cerebral profunda é realizada para diminuir complicações motoras, decorrentes tanto da evolução da doença quanto do uso crônico de medicamentos. Por meio do implante de um marca-passo e eletrodos em regiões profundas do cérebro, que podem controlar as regiões que ocasionam os sintomas, a técnica traz um alívio dos sintomas a partir de estimulação elétrica de alta frequência.

O secretário Ciro destacou que o convênio permitirá levar o serviço para um maior número de pessoas, de forma mais econômica e, acima de tudo, qualificar esse acesso. "Até hoje, o procedimento era realizado quando o Estado era acionado judicialmente. Isso também representava um alto custo, pois a compra do serviço na rede privada custa em torno de R$ 200 mil, enquanto o valor da cirurgia de um paciente pelo SUS fica em torno dos R$ 40 mil. Ou seja, passaremos a atender mais pessoas com o mesmo valor gasto antes." Fonte: Jornal Agora.

____________________________________________________________

05/06/2012
Mal de Parkinson.
*A Secretaria Estadual da Saúde assina hoje, na Capital, um convênio com o Hospital de Clínicas, para o tratamento cirúrgico com implante de estimulador cerebral profundo. O procedimento é voltado para pessoas com Mal de Parkinson. Fonte: O Sul.

____________________________________________________________

Estado assina convênio para cirurgias em pacientes com Mal de Parkinson

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) assina, nesta terça-feira (05), às 11h30, convênio no valor de R$ 834,8 mil com o Hospital de Clínicas, intermediado com a Prefeitura de Porto Alegre para o tratamento cirúrgico com implante de Estimulador Cerebral Profundo. O ato de assinatura será realizado no Gabinte da SES- 6º do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) , na Capital.

O procedimento será disponibilizado de forma inédita pelo Sistema Único de Saúde no Estado para o tratamento do Mal de Parkinson, uma doença neurológica degenerativa.

Durante o período de um ano, serão atendidos 20 pacientes referenciados pelo Serviço de Neurologia e Neurocirurgia do Hospital. Na última década, a técnica de estimulação cerebral profunda foi estabelecida como um tratamento seguro e eficaz para um grupo selecionado de pacientes, podendo trazer uma redução dos sintomas e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Fonte: Secretaria Estadual da Saúde RS.

Nenhum comentário: