A Associação Parkinson do RS - APARS, fundada em 2002, tem o propósito de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas afetadas pela doença de Parkinson e de seus familiares. É uma entidade sem fins lucrativos, políticos ou religiosos, de caráter beneficente e educativo. Sobrevive unicamente graças à sua contribuição, pois não possui nenhuma outra fonte de receita. Entre as ações que estamos realizando estão: apoio, orientação e informações aos portadores da doença de Parkinson, seus familiares e cuidadores; palestras a cargo de profissionais da saúde, tais como neurologistas, neurocirurgiões, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, entre outros, e promover ações junto a entidades públicas visando garantir o acesso regular aos medicamentos.
Nossas atividades se desenvolvem na AMRIGS e IPA, os quais nos apoiam e ainda contamos com o suporte do SIMERS e Naturovos.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Pelas Ruas: pacientes aguardam até três horas para serem atendidos na Farmácia do Estado
Depois da espera, algumas pessoas chegam até o prédio e não encontram remédios

13/01/2009 | Pelo menos uma vez por mês, Irene Neitzke, 51 anos, espera até três horas na fila da Farmácia do Estado, na Rua Riachuelo, centro de Porto Alegre, para conseguir medicamentos para o marido, que tem diabetes. É assim desde 2005.

— Além de enfrentarmos essa fila enorme todas que vezes que temos que vir aqui, quando conseguimos entrar no prédio ainda somos obrigados a aguardar mais um pouco. Lá dentro ainda tem outra senha — reclama.

Se passar horas em uma fila não é nada agradável, acessar o prédio e não encontrar o remédio desejado é desesperador. Foi assim que a técnica de enfermagem Andrea Borella, 32 anos, definiu a situação. Nesta terça-feira, ela esperou uma hora e 20 minutos até entrar no prédio. Lá, ainda aguardou mais alguns minutos até ser atendida e garantir o medicamento para o sogro. (segue...) Fonte: Zero Hora.

Nenhum comentário: